Olá, visitante. Acesse sua conta ou cadastre-se.

Drogaria e Manipulação Bom Jesus LTDA - ME

0 item(ns) - R$ 0,00

Você ainda não adicionou produtos.

Citrato Sildenafila 50mg com 2 Comprimidos Generico Sandoz Laboratório: SANDOZ

Citrato Sildenafila 50mg com 2 Comprimidos Generico Sandoz  Laboratório: SANDOZ
R$ 32,02R$ 15,46
Produto: Citrato Sildenafila 50mg com 2 Comprimidos Generico Sandoz
Disponibilidade: Em Estoque

Indicações: Citrato de sildenafila está indicado para o tratamento da disfunção erétil, que se entende como sendo a incapacidade de atingir ou manter uma ereção suficiente para um desempenho sexual satisfatório.Para que Citrato de sildenafila seja eficaz, é necessário estímulo sexual.

Contra-indicações: O uso do Citrato de sildenafila está contra-indicado a pacientes com hipersensibilidade conhecida ao fármaco ou a qualquer componente da fórmula.Foi demonstrado que Citrato de sildenafila potencializa o efeito hipotensor dos nitratos de uso agudo ou crônico, estando portanto, contra-indicada a administração a pacientes usuários de qualquer forma doadora de óxido nítrico, nitratos orgânicos ou nitritos orgânicos; tanto os de uso freqüente quanto os de uso intermitente (vide Interações Medicamentosas).

Advertências e Precauções: O conhecimento da história clínica e a realização de um exame físico completo são necessários para se diagnosticar a disfunção erétil, determinar as prováveis causas e identificar o tratamento adequado.Existe um grau de risco cardíaco associado à atividade sexual.Portanto, os médicos podem requerer uma avaliação da condição cardiovascular dos seus pacientes antes de iniciarem qualquer tratamento para a disfunção erétil.Os agentes para o tratamento da disfunção erétil não devem ser utilizados em homens para os quais a atividade sexual esteja desaconselhada. Nos estudos clínicos, foi demonstrado que a sildenafila tem propriedades vasodilatadoras sistêmicas que resultam em uma diminuição transitória na pressão sangüínea (vide Informações Adicionais de Estudos Clínicos).Este resultado traz pouca ou nenhuma conseqüência para a maioria dos pacientes.Entretanto, antes da sildenafila ser prescrita, os médicos devem considerar cuidadosamente se seus pacientes com alguma doença preexistente poderiam ser afetados de maneira adversa por esse efeito vasodilatador, especialmente quando em combinação com a atividade sexual.Pacientes que têm alta susceptibilidade a vasodilatadores incluem aqueles que apresentam obstrução do fluxo de saída do ventrículo esquerdo (por ex., estenose aórtica, cardiomiopatia hipertrófica obstrutiva) ou aqueles com uma síndrome rara de atrofia de múltiplos sistemas, se manifestando como um controle autônomo da pressão sangüínea gravemente comprometido.Neuropatia óptica isquêmica anterior não-arterítica (NAION), uma causa da diminuição ou perda da visão, foi raramente relatada na pós-comercialização com o uso de todos os inibidores da PDE5, incluindo a sildenafila.A maioria destes pacientes apresentavam fatores de riscos como baixa taxa de disco óptico ("crowded disk"), idade superior a 50 anos, diabetes, hipertensão, doença arterial coronariana, hiperlipidemia e tabagismo.Não foi identificada relação causal entre o uso de inibidores de PDE5 e NAION.O médico deve discutir com o paciente o aumento do risco da NAION em indivíduos que já a apresentaram anteriormente.Recomenda-se cautela na administração concomitante de sildenafila em pacientes recebendo a-bloqueadores, pois a coadministração pode levar à hipotensão sintomática em alguns indivíduos suscetíveis (vide Interação Medicamentosa).A fim de diminuir o potencial de desenvolver hipotensão postural, o paciente deve estar estável hemodinamicamente durante a terapia com a-bloqueadores principalmente no início do tratamento com sildenafila.Deve-se considerar a menor dose de sildenafila para iniciar a terapia (vide Posologia).Além do mais, o médico deve alertar o paciente o que fazer em caso deste apresentar sintomas da hipotensão postural. Uma minoria dos pacientes que têm retinite pigmentosa hereditária apresenta alterações genéticas das fosfodiesterases da retina.Não existem informações relativas à segurança da administração de Citrato de sildenafila a pacientes com retinite pigmentosa.Portanto, Citrato de sildenafila deve ser administrado com precaução a esses pacientes.Estudos in vitro com plaquetas humanas indicam que a sildenafila potencializa o efeito antiagregante do nitroprussiato de sódio (um doador de óxido nítrico).Não existem informações relativas à segurança da administração de Citrato de sildenafila a pacientes com distúrbios hemorrágicos ou com úlcera péptica ativa.Por esse motivo, Citrato de sildenafila deve ser administrado com precaução a esses pacientes.Os agentes para tratamento da disfunção erétil devem ser utilizados com precaução em pacientes com deformações anatômicas do pênis (tais como angulação, fibrose cavernosa ou doença de Peyronie) ou em pacientes com condições que possam predispor ao priapismo (tais como anemia falciforme, mieloma múltiplo ou leucemia).A segurança e a eficácia das associações de Citrato de sildenafila (citrato de sildenafila) com outros tratamentos para a disfunção erétil não foram estudadas. Portanto, o uso dessas associações não é recomendado.

Uso durante a Gravidez e Lactação: Citrato de sildenafila não está indicado para o uso em mulheres.

Princípios Ativos: Citrato Sildenafila Registro MS: 1004704790090 Classe Terapêutica: Disfunção Erétil

ISTO É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO.

LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS. O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

ENVIE A RECEITA MÉDICA PELO NOSSO CHAT LOGO ABAIXO

ou pelo e-mail: contato@farmabomjesus.com.br